Dia Internacional da Síndrome de Asperger

Hoje, dia 18 de fevereiro, é o Dia Internacional da Síndrome de Asperger. 
Esse dia foi pensado para que a Síndrome tenha visibilidade pelo público geral, e as peculiaridades sejam conhecidas. A data foi escolhida pelo aniversário de nascimento de Hans Asperger, o pediatra austríaco que deu nome à síndrome.
A Síndrome de Asperger faz parte do Transtorno do Espectro Autista (T.E.A.) e afeta o modo que o indivíduo se comunica e interage com os outros, e suas características mais comuns são:
– dificuldade no relacionamento social;

– dificuldade em entender as regras não escritas;

– interpretação literal da linguagem; 

– rigidez de pensamento;

– dificuldade na empatia; 

– comportamentos rotineiros;

– hiperfoco em assuntos específicos;

– peculiaridades no discursso e liguagem; 

– hipersensibildade sensorial;

– descordenação motora;

– dificuldade na autorregulação emocional, entre outros.
Normalmente não afeta o desenvolvimento cognitivo, a maioria tem um desempenho esperado ou acima da média.
Mas o que isso quer dizer? Quer dizer que os Aspies, como são conhecidos podem parecer socialmente afastados e em alguns casos, incapazes de se comunicar; podem ter comportamentos incomuns e, às vezes, interesses específicos em que se especializa;  podem ter dificuldade em falar sobre seus próprios sentimentos ou compreender os sentimentos dos outros e linguagem corporal, tendem a evitar o contato visual e muitas vezes deixar de interagir com os outros de sua idade, por se sentirem inadequados.
Eles podem falar com pouca modulação em um tom plano e monótono. São excepcionalmente sensíveis a estímulos sensoriais – som alto, luzes fortes – um simples cinema, pode ser doloroso.
Por terem rigidez de pensamento e se sentirem confortáveis com comportamentos rotineiros, além do problema com texturas, costumam apresentar Transtorno Alimentar Seletivo – tem uma alimentação restrita, com alimentos que se sentem “seguros”. 
Sofrem, muitas vezes, com alto nível de ansiedade.
A síndrome de Asperger é mais comum do que o autismo típico. Autismo ocorre em cerca de 4 em cada 10.000 crianças e síndrome de Asperger ocorre em 20-25 por 10.000 crianças.
A causa exata da Síndrome é desconhecida mas médicos e pesquisadores acreditam ser uma combinação de variáveis genéticas e ambientais.
Muitos dizem que não há cura, e eu acredito que não há o que ser curado. Os Aspies são o que são e precisam aprender a viver em sociedade com suas características únicas, assim como todos nós.
Meu coração bate azul há 9 anos, e tenho muito orgulho dele. 💙

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.